Utilização da Comunicação e da Informação mediada tecnologicamente em ecologias Web pelo cidadão sénior

Balanço do primeiro semes...

Agenda

Desenho metodológico

Desenho metodológico

Projecto de Dissertação (...

Seminário (act 6)

Projecto de Dissertação (...

Projecto "Tempo para Dar...

Índice Provisório Comp. T...

Seminário (actividade 3)

Projecto de Dissertação (...

Seminário (actividade 2)

Seminário (actividade 1)

A agenda...

Projecto de Dissertação (...

Instituto de Estudos sobr...

Dia Internacional do Idos...

A agenda...

Apresentação do Projecto ...

O blog

arquivos

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Quinta-feira, 22 de Outubro de 2009
Projecto de Dissertação (actividade 2)

Procedimentos Metodológicos

 

Nesta etapa  pretendemos apresentar os procedimentos metodológicos, elaborados à luz da investigação qualitativa.

No que concerne aos procedimentos, este nosso estudo irá adoptar a investigação-acção, uma vez que a equipa desempenhará um papel activo no espaço de investigação. Tal como refere Thiollent1 (2000, p.16) a investigação-acção é um tipo de pesquisa social que é concebida e realizada em estrita associação com a acção ou com a resolução de um problema colectivo e no qual os pesquisadores e os participantes representativos estão envolvidos de modo cooperativo. Além disso, é necessário que no final do processo haja algum tipo de transformação no grupo envolvido, conforme os objectivos específicos do estudo.

A escolha da investigação-acção nesta investigação decorre da flexibilidade nas adequações sucessivas aos acontecimentos.

Pelas características já referidas, esta pesquisa revela-se de natureza qualitativa, já que procura captar a realidade complexa do objecto de estudo. Minayo2 (1994, p.24) salienta que a pesquisa qualitativa trabalha com o universo de significados, motivos, aspirações, crenças, valores e atitudes, o que corresponde a um espaço mais profundo das relações, dos processos e dos fenómenos que nã podem ser reduzidos à operacionalidade de variáveis.

 

Escolha da amostra

 

Para a escolha da amostra definiram-se como critérios de selecção a proximidade à comunidade idosa; o carácter de serviço público; e as preocupações com a promoção da qualidade de vida e ao combate à exclusão social. Desta forma definiu-se a Santa Casa da Misericórdia de Aveiro como parceira de investigação, que actua pela disponibilização de um Centro de dia e um Lar de Idosos. No entanto, a escolha específica da amostra ainda está por delimitar.

 

1 THIOLLENT, M. Metodologia da Pesquisa-Ação. São Paulo: Editora Cortez, 2000.

2 MINAYO, Cecília de Souza (Org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 19.º ed. Petrópoles: Vozes, 1994.

 

 

 




todas as tags

Links de Interesse

http://web.mit.edu/agelab/

http://www.seniornet.com.au/

http://www.seniornet.org/jsnet/

http://www.crm.mb.ca/crm/crcc/index.html

 

 

subscrever feeds